15 fevereiro 2017

24 livros clássicos brasileiros que irão te enriquecer culturalmente


Já estamos em 2017 e ainda temos aquela ideia de que todo clássico é ruim. É preciso desconstruir esse pensando, reafirmando que a literatura nacional clássica não é coisa apenas para as pessoas mais velhas e sim para qualquer um que está a fim de se enriquecer culturalmente. Pensando nisso, resolvi selecionar alguns livros considerados clássicos e que são os melhores nesse quesito. Confesso que ainda não li todos da lista, mas espero resolver isso em breve (inclusive aceito de presente kkkk).




Não poderia começar a lista de forma diferente. Um dos principais autores da literatura brasileira de todos os tempos: Machado de Assis. Selecionei os três livros dele que acho mais interessantes e ainda escolhi a principal obra do Caio Fernando de Abreu que é um pouco mais contemporâneo (mas nem tanto assim... hahaha). Segue a lista:

Memórias Póstumas de Brás Cubas, Machado de Assis
Dom Casmurro, Machado de Assis
Quincas Borba, Machado de Assis
Morangos mofados, Caio Fernando de Abreu



E não poderia esquecer esses dois grandes romancistas consagrados nacionalmente. Jorge de Alencar e José Amado, ops quer dizer...

Mar Morto, Jorge Amado
Capitães de Areia, Jorge Amado
O Guarani, José de Alencar
Senhora, José de Alencar




Nessa rodada resolvi separar os autores que ainda estão entre a gente, vivíssimos! Tem obras de cantores e também a que virou novela televisiva: dá uma olhada.

A casa das sete mulheres, Letícia Wierzchowski
Estorvo, Chico Buarque
O mundo não é chato, Caetano Veloso
Horas de desespero, Pedro Bandeira



Os livros da vez vão falar um pouco dos problemas que o nordeste passou historicamente. Junto a esses, coloquei um da Clarice Lispector que é ucraniana, mas como foi naturalizada brasileira então tá valendo.

Grande Sertão Veredas, Guimarães Rosa
Vidas Secas, Graciliano Ramos
Os Sertões, Euclides da Cunha
A Paixão Segundo G.H., Clarice Lispector



Outros clássicos que são bastante conhecidos e indicados pelas escolas.

A moreninha, Joaquim Manuel Macedo
Memórias de um sargento de milícias, Manuel Antônio de Almeida
A Escrava Isaura, Bernando Guimarães
Fogo Morto, José Lins do Rego



Clássicos com temáticas fortes e extremamente importantes! Amo todos

A morte e a morte de Quincas Berro D'Água, Jorge Amado
Macunaíma, Mário de Andrade
O Cortiço, Aluísio de Azevedo
O Ateneu, Raul Pompeia

E aí, já leu algum desses? Conta pra gente qual é o seu preferido e qual será o próximo a ser lido!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram: @Estupefaca